Se você deseja praticar um esporte, vendo o mundo de uma maneira diferente, lá do alto, voando como os pássaros, sem a necessidade de motor, com paz, tranquilidade, muita alegria e natureza, apresentamos o Parapente (nome de origem francês) ou Paraglider (nome de origem inglesa) e gostaríamos de esclarecer algumas dúvidas, sobre o que você deve fazer, para realizar seu desejo de voar, com diversão, responsabilidade e segurança, evitando transformar seu sonho em pesadelo.

PARAPENTE OU PARAGLIDER

O ESPORTE

www.abp.com.br

Diferente do que as pessoas normalmente imaginam, o parapente não é um paraquedas mais comprido, pois possui um comportamento bastante diferente e consequentemente, um universo de aplicações igualmente diferentes, pois quem salta de pára-quedas o faz a partir de um avião, enquanto quem voa de parapente sobe até o topo de uma montanha, abre o equipamento e, somente aí, corre e decola de uma maneira muito parecida com a asa delta.

Enquanto a grande "sacada" do pára-quedismo é curtir a adrenalina que é cair no vácuo, para finalmente abrir o pára-quedas, eventualmente executar as manobras que o velame permite durante a queda e finalmente pousar (um salto dura cerca de 2 minutos), a proposta do parapente é o vôo e a pilotagem do equipamento, aonde o piloto dirige sua máquina pelos céus como num avião, podendo subir milhares de metros, descer, escolher novos locais de pouso e permanecer várias horas voando e as vezes percorrer dezenas ou centenas de quilômetros.

Mesmo no primeiro vôo, o piloto voa quase quinze minutos sem parar, dando tempo de olhar a paisagem, sentir o vento no rosto, a temperatura do ar, olhar os outros pilotos e os pássaros que vem voar perto. É o maior barato.

Fonte:
www.ventomania.com.br

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon