As bikes caíram no gosto das pessoas por todo o Brasil, mais especialmente em São Paulo, onde as ciclovias crescem dia a dia e o número de usuários aumentou vertiginosamente. Pensando nisso, preparamos algumas dicas para quem pedala ou quer pedalar, pois para um passeio seguro e sem lesões é necessária a prevenção. 

BIKE

DÚVIDAS MAIS FREQUENTES SOBRE MARCHAS E RELAÇÃO DAS MARCHAS

Quantas marchas têm a bicicleta? 
21 marchas = 7x3, portanto ela tem 07 velocidades atrás e 03 na frente. 

O que isto importa? 
Depende, geralmente muito pouco, mas o importante é que a relação de marchas ou relação de velocidades seja apropriada para o uso à que se destina e que o ciclista saiba como usá-las corretamente.

Quanto mais marchas melhor? 
Não necessariamente, mas quanto maior o número de marchas, mais opções de velocidades o ciclista tem, mas a grande maioria, incluindo aí alguns profissionais, não sabe usar bem as marchas e sua relação. 
O importante é uma relação de marchas para o uso que se destina e não o número de marchas.
Uma boa relação de marchas está diretamente ligada a quem é o ciclista e onde ele irá pedalar. Ter 21 marchas num local plano não faz sentido porque as primeiras marchas, as mais reduzidas, servem para subir montanhas. 
Outro exemplo: uma pessoa não esportista passeando em local acidentado necessita de uma relação que suavize muito as subidas, o que não é necessário para quem está treinado.

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon