O Judô e o Jiu-Jitsu são artes marciais irmãs, já que uma complementa a outra, e, apesar de seus objetivos distintos em relação às regras de combate, é comum encontrar praticantes de ambas as artes em virtude dos benefícios dessa complementação.
 
Enquanto o Judô tem como base de seu aprendizado as técnicas em pé, principalmente as de projeção, o Jiu-Jitsu tem como base as técnicas de chão, que visam diminuir as diferenças de peso, tamanho e força entre os praticantes. 

Nosso objetivo é passar informações e dicas, que te levem a conhecer e praticar o(s) esporte(s) e a não desistir ao encontrar as primeiras dificuldades, evitando possíveis lesões e/ou aprendizado inadequado.

JUDÔ

O QUE É O JUDÔ?

PROF. EDUARDO SEVERIANO - 07/04/2013


40 anos, Faixa Preta de Judô e Jiu-Jitsu

O Judô (Caminho Suave, em tradução do japonês) desenvolvido pelo professor Jigoro Kano em 1882, sempre objetivou a melhora do seu praticante e de todos que estão a sua volta e, como as demais artes marciais, exige de nossa parte muita persistência e paciência, pois estará nos colocando à prova o tempo todo, o que nem sempre será fácil e confortável. No entanto, os resultados alcançados através de sua prática são extremamente compensadores, pois trabalhamos a parte física, mental e espiritual, além da disciplina e concentração.

Dojô é o local onde se pratica o Judô; num significado mais profundo, podemos traduzir como o local onde iremos buscar nossa melhora como ser humano.


As técnicas são demonstradas de forma gradativa, de acordo com o grau de dificuldade e de graduação, sendo as repetições sempre em grande número e em várias situações de luta.

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon