Please reload

Posts Recentes

Jiu Jitsu de Balneário Camboriú traz 10 medalhas douradas do Catarinense

June 26, 2018

1/5
Please reload

Posts Em Destaque

Apaixonada pelo surfe, Larissa Santos coleciona vitórias e luta por vaga nas Olimpíadas

August 25, 2018

 A história de Larissa Santos com o surfe começou quando era ainda pequena, aos oito anos, na praia do Titanzinho, em Fortaleza. Uma relação de casa e família. Família porque a ida à praia tinha uma razão: ver o pai, Flávio Sukita, competir. Não dizem que filho de peixe, peixinho é? Nesse caso o ditado foi certo. Aos poucos, a cearense tomou gosto pela água salgada e se apaixonou pela aventura das ondas. Não tardou para o palco do pai virar seu também. A praia se tornou morada.


Aos 19 anos, Larissa vem em uma crescente na carreira. No último final de semana, a surfista conquistou o segundo lugar na etapa brasileira do CBSurf Tour, em São Paulo. A conquista possibilitou que a atleta entrasse na briga por uma vaga nos Jogos Olímpicos do Japão, em 2020. O sonho de estar dentro da competição não é apenas sonho, Larissa vem trabalhando para que se torne realidade.

- Venho treinando forte para conquistar uma vaga para as Olimpíadas. Até o momento, as metas foram alcançadas, ganhei a primeira etapa do brasileiro CBS Pro Tour e fiquei com a segunda colocação em Maresias, onde acabei conseguindo a vaga para competir o Isa Games Open, no Japão. Continuo liderando ranking brasileiro - avalia.

A inspiração vem também de outra cearense, Silvana Lima. Exemplo de força e trabalho, a surfista é duas vezes vice-campeã mundial, em 2008 e 2009, e busca garantir vaga em Tóquio 2020.

- Me inspiro na Silvana Lima desde novinha quando a via competindo nos mundiais. Ela sempre me inspirou por sua garra e determinação. Depois de algum tempo também passei a me inspirar na Carissa Moore por sua humildade e por sempre ver seus filmes de surf antes dos meus treinos - conta.

Confirmada no Mundial ISA Games no Japão, Larissa se prepara para a competição de olho nas portas que a oportunidade pode abrir e trabalhando para a realização do sonho das Olímpiadas.

- Minha expectativa é chegar lá bem e poder representar a nossa bandeira brasileira e quem sabe voltar com a medalha de ouro. Além disso, minha meta é ter bons resultados para que as portas se abram para um patrocínio que me apoie para competir as etapas do WQS nos próximos anos - finaliza.

Fonte: 
Globo Esporte.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon