De olho no título mundial, Gabriel Medina não participa de etapa no Brasil


Líder do ranking mundial de surfe, Gabriel Medina não disputará o WQS de Maresias, etapa da Divisão de Acesso que acontece em frente a sua casa, no litoral norte de São Paulo.

O atleta estava inscrito para o campeonato no ‘quintal de casa’, mas preferiu se poupar. A razão não poderia ser melhor: Medina está de olho na etapa de Pipeline, no Havaí, que irá definir o campeão mundial em dezembro. A decisão foi tomada pelo atleta, seu pai e treinador Charles e sua equipe.

Medina obviamente já está garantido na elite do surfe no ano que vem, mas participaria do evento para competir em casa e prestigiar o surfe nacional. A etapa vale 3.000 pontos no ranking da Divisão de Acesso, define o campeão Sul-Americano de 2018 e é importante para muitos atletas que buscam uma vaga na primeira divisão na próxima temporada.

Além dele, o também brasileiro Filipe Toledo e o australiano Julian Wilson têm chances de sair do Havaí com o troféu de melhor do mundo. Veja as possibilidades de Medina levantar mais um caneco:

  • 1º ou 2º (final):Vence o título mundial

  • 3º (semifinal):Julian Wilson e Filipe Toledo precisam do 1º lugar

  • De 5º a 25º (entre 2ª fase e quartas de final):Julian Wilson e Filipe Toledo precisam ir à final do Pipemasters


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square