Please reload

Posts Recentes

Jiu Jitsu de Balneário Camboriú traz 10 medalhas douradas do Catarinense

June 26, 2018

1/5
Please reload

Posts Em Destaque

Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe

December 18, 2018

 

Nesta segunda (17), o brasileiro Gabriel Medina conquistou seu segundo título mundial de surfe. Medina venceu a semifinal contra Jordy Smith em uma bateria que teve de mostrar toda sua técnica, se classificou à final da etapa de Pipe Masters e sagrou-se novamente campeão mundial de surfe. Mesmo se o outro concorrente ao título, o australiano Julian Wilson, vença a etapa, não alcançará a pontuação do brasileiro no mundial.

 

No início da etapa, Gabriel tinha como concorrentes ao título o brasileiro Filipe Toledo e o australiano Julian Wilson. Dependendo apenas dos seus esforços, Medina venceu sua bateria no Round 1 e pulou a repescagem. No Round 3, também venceu e viu Filipinho ser derrotado por Kelly Slater. Assim a briga pelo título ficou apenas entre Medina e Wilson. No último dia de competição, Gabriel e Julian chegaram surfando muito bem, fazendo baterias de altíssimo nível técnico. A etapa ainda não acabou e Medina pode enfrentar na bateria final o próprio Julian Wilson ou então a lenda ainda em atividade e maior vencedor do Pipe Masters, Kelly Slater.

Em um dos anos mais regulares de sua carreira, Medina já venceu duas etapas no ano, no Tahiti e na piscina de ondas no Surf Ranch, e teve como pior resultado a 13ª posição na primeira etapa do ano, na Austrália. O brasileiro de Maresias é o primeiro brasileiro a conquistar dois títulos mundiais. Gabriel venceu seu primeiro título em 2014 e o título também só veio na última etapa, a tradicional Pipe Masters.

 

Além do título de Medina, o Brasil mostra seu domínio no circuito mundial com três atletas dentro o top 5. Filipe Toledo terminou o mundial em terceiro e Italo Ferreira em quarto. Dentro dos 22 surfistas classificados para o CT (Championship Tour) de 2019, o Brasil conseguiu emplacar sete atletas. Nas etapas de 2018, apenas duas das dez finalizadas até o momento não foram vencidas por brasileiros.

 

Após a etapa de Pipe, os atletas entram em férias e voltam a competir no dia 3 de abril de 2019 na etapa de Gold Coast, na Austrália.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags